Notícias
 

2/4/2020
Ciencia e Tecnologia
Aposta em antigripal
Correio Braziliense


Jornalista: Indefinido
02/04/20 - Após resultados promissores obtidos por cientistas chineses, o grupo japonês Fujifilm Toyama Chemical iniciou um estudo clínico para testar a eficácia do antigripal Avigan, quem tem como princípio ativo o favipiravir, para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus. Segundo um porta-voz da empresa fabricante do medicamento, o teste acontecerá com 100 pacientes, em Tóquio, e tem final previsto para o fim de junho.

O favipiravir será administrado durante o período máximo de 14 dias em voluntários com idade entre 20 e 74 anos, em estado leve de pneumonia viral. O medicamento tem permissão de venda e produção desde 2014. Seu uso, no entanto, é restrito, como último recurso quando outros tratamentos não são suficientemente eficazes contra vírus gripais novos ou ressurgentes. Por isso, trata-se de um remédio que não está disponível nas farmácias ou hospitais, tanto no Japão quanto no exterior, ressaltou a Fujifilm.

Cura

As autoridades chinesas, que conduziram testes clínicos com o favipiravir anunciaram, no mês passado, que chegaram a resultados promissores com a abordagem. De acordo com Pequim, a droga permitiu reduzir o tempo de cura de pacientes com Covid-19. A Fujifilm, porém, não participou dos estudos clínicos chineses.

O grupo japonês anunciou a iniciativa de testar o seu produto depois de o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, ter declarado, no fim de semana, que seu governo iniciaria os procedimentos oficiais para obter a aprovação do Avigan como tratamento para o novo coronavírus.

Voltar

 
 
 
 
 

 

 
 
Patrocinadores do Encontro ABRASP 2019



Rua Alvorada, 1289 – 10º andar sala 1016 – Edifício Vila Olímpia Prime Office
Vila Olímpia – São Paulo, SP. Fone: (11) 3044-0781
 
Desenvolvimento: Interpágina