Notícias
 

8/6/2015
Geral
Plantão Médico: Um silencioso problema de saúde pública
Folha de S.Paulo

Plantão Médico: Um silencioso problema de saúde pública( Folha de S.Paulo )
Colunista: JULIO ABRAMCZYK
06/06/2015 - Dos benefícios para a gestante e bebê que o atendimento pré-natal oferece, o diagnóstico precoce do diabetes é um dos principais pela possibilidade de prevenir seus potenciais efeitos adversos, como um grande bebê (macrosomia), risco de cesárea e mortalidade perinatal.

O médico Audimar de Sousa Alves e colaboradores referem na "Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil" que no Brasil a prevalência do diabetes gestacional está sendo considerada um problema de saúde pública.

Cerca de 7% de todas as gestações são complicadas pelo diabetes gestacional.

O problema também predispõe a mulher a complicações tardias, com 30% de probabilidade para desenvolver o diabetes tipo 2, se permanecer obesa.

O autores, da Universidade Federal do Vale do São Francisco, em Petrolina (Pernambuco), e do Instituto Professor Fernando Figueira, em Recife, avaliaram 1.340 mulheres de baixa renda e pouca escolaridade que tiveram seus filhos no período compreendido entre abril de 2011 e janeiro de 2012.

A média de idade gestacional quando foi solicitado o exame de glicemia em jejum foi de 14 semanas; a realização do exame aconteceu com 16 semanas; o recebimento do resultado se deu na vigésima semana.

Os resultados expressam um rastreio e diagnóstico de diabetes gestacional inadequados, desde a época da solicitação até a realização e recebimento dos exames.

Voltar

 
 
 
 
 

 

 
 
Patrocinadores do Encontro ABRASP 2019



Rua Alvorada, 1289 – 10º andar sala 1016 – Edifício Vila Olímpia Prime Office
Vila Olímpia – São Paulo, SP. Fone: (11) 3044-0781
 
Desenvolvimento: Interpágina